1º Fórum Regional de Lixo e Cidadania apresenta novo projeto de Coleta Seletiva na cidade de Sarzedo – Minas Gerais

Home Notícias1º Fórum Regional de Lixo e Cidadania apresenta novo projeto de Coleta Seletiva na cidade de Sarzedo – Minas Gerais
676cca44-b841-4027-a9d9-4f82be8f9625

1º Fórum Regional de Lixo e Cidadania apresenta novo projeto de Coleta Seletiva na cidade de Sarzedo – Minas Gerais

No Comments

Projeto visa a construção de novo galpão da cooperativa de reciclagem ACAMARES para aplicação do programa de Coleta Seletiva em Sarzedo.

No dia 04 de agosto foi realizado o 1º Fórum Regional de Lixo e Cidadania de Sarzedo, em Minas Gerais. O evento contou com a presença do prefeito Mário Campos, representantes do Movimento Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Reciclavéis – MNCR, representantes da Câmara Municipal e convidados. No fórum foi apresentando o projeto de implantação da Coleta Seletiva na cidade de Sarzedo, através da construção de um novo galpão para a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Sarzedo – ACAMARES.

A cooperativa ACAMARES possui atualmente uma única sede, responsável pela Coleta Seletiva em Mário Campos, cidade vizinha de Sarzedo, no qual também será beneficiado com a construção do novo galpão.

Com a implantação da Coleta Seletiva em Sarzedo, espera-se o aumento da produção e consequentemente, geração de trabalho e aumento da renda dos profissionais de reciclagem do município. Essa ação irar promover a inclusão social e oportunidade de superação da vulnerabilidade socioeconômica que esses trabalhadores enfrentam atualmente e a consciência e educação ambiental na cidade.

A cooperativa ACAMARES tem planos de que ainda esse ano seja feito um convênio com a prefeitura para começar a reforma do galpão, previsto para o dia 22 de agosto. Segundo Emanuela Barral Caldeira, técnica e agente de defesa ambiental da Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – ANCAT, a cooperativa produz atualmente cerca de 4 a 5 toneladas por mês. “Com o novo galpão e a inserção da Coleta Seletiva na cidade, espera-se dobrar o volume da produção”, afirma Emanuela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *