ANCAT e MNCR marcarão presença no Encontro Bienal de SAWPA na África do Sul

Home NotíciasANCAT e MNCR marcarão presença no Encontro Bienal de SAWPA na África do Sul
sawpa-dsc_0348

ANCAT e MNCR marcarão presença no Encontro Bienal de SAWPA na África do Sul

No Comments

Entre os dias 22 e 23 de agosto acontecerá o Encontro Bienal de SAWPA, na cidade de Mindrad, África do Sul. O objetivo é discutir pautas e soluções sobre novas lideranças, políticas e práticas em relação à Coleta Seletiva e os demais processos da reciclagem de resíduos sólidos.

O representante da Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – ANCAT e do Movimento Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – MNCR, em Natal (RN), Severino Lima, está entre os palestrantes e falará  a respeito das experiências, aprendizados e avanços na organização dos catadores no Brasil.

Os avanços da política nacional brasileira de resíduos sólidos e os mecanismos de inserção dos empreendimentos dos catadores serão alguns dos assuntos abordados pelo representante da ANCAT e MNCR, que também fará uma visita ao lixão de Joanesburgo, maior cidade da África do Sul. “O objetivo central dessa participação é evidenciar o programa de Coleta Seletiva do país a nível internacional como referência de organização e empoderamento, além de buscar apoios para fortalecer a categoria de catadores e catadoras em vários continentes”, destaca Severino.

A ANCAT e o MNCR também irão dispor de todas as ferramentas para o fortalecimento do trabalho dos catadores da África do Sul, além de oferecer a possibilidade de assinatura de termo de cooperação técnica para implementar tecnologias e acompanhar o desenvolvimento dos catadores.

Mais de 150 lideranças de catadores e catadoras, provenientes de lixão e das ruas de mais de dez províncias do país, participarão do evento. Também estarão presentes catadores de outros países, com maior destaque para os da América Latina e Índia.

A SAWPA é uma associação de catadoras da África do Sul que desde 2007 auxilia e apoia os profissionais de reciclagem do país. Foi criada como resposta à crise de resíduos sólidos na África do sul, através do apoio da Organização de Justiça Ambiental GroudWork, que trabalha com comunidades na África do Sul para apoiar os trabalhos relacionados à justiça ambiental e assegurar a sobrevivência dos trabalhadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *