Projeto Reviravolta investe na reforma de caminhão que beneficiará a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Curitiba – Mutirão

Home NotíciasProjeto Reviravolta investe na reforma de caminhão que beneficiará a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Curitiba – Mutirão
IMG_1322

Projeto Reviravolta investe na reforma de caminhão que beneficiará a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Curitiba – Mutirão

Comments off

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Curitiba – Mutirão está entre as cooperativas beneficiadas pelo projeto Reviravolta –  uma iniciativa da Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis – ANCAT em parceria com a Coalizão de Empresas do Setor de Embalagens.

Na segunda quinzena deste mês de junho, a cooperativa contará com o caminhão totalmente reformado para a realização da coleta seletiva na cidade. Trata-se da segunda fase do projeto Reviravolta, que prevê o investimento direto em 40 organizações de catadores, distribuídas por doze estados. “A Associação Mutirão já utilizava este caminhão e, como o seu papel era fundamental no dia a dia do trabalho para a realização da coleta seletiva, estamos investindo na sua reforma que contribuirá para que o trabalho seja ainda mais eficiente”, ressalta o presidente da Ancat e um dos Coordenadores Nacionais do MNCR-Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, Roberto Rocha.

A ação integra uma das principais metas do projeto, que pretende fortalecer as organizações de catadores para que elas participem da implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Dentre os objetivos do projeto Reviravolta está a  identificação de oportunidades de mercado que permitam os catadores de materiais recicláveis avançarem na cadeia produtiva da qual fazem parte, aproveitando-se para isso da ampla base de cooperativas que compõem o Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis -MNCR e construir arranjos de negócio que tragam para o campo econômico a pujante capacidade de articulação social que tem sido o motor principal dos avanços dos catadores de materiais recicláveis do Brasil.